O que é rolamento e para que ele serve e quais os tipos.

O que são rolamentos?

Para que serve o rolamento?

O rolamento é um elemento que permite o movimento rotativo entre dois ou mais elementos. Sendo assim auxiliam a reduzir o atrito ou fricção entre as superfícies de contato como, por exemplo, os eixos, mancais de rolamentos e polias. O rolamento é composto de elementos rolantes, pista e gaiola. Todos estes elementos são de aço combinado com crómio ou aço inox, que são materiais que possuem alta resistência e segue os padrões de qualidade e as suas dimensões estão submetidas a um sistema de normalização do rolamento.

O rolamento é um item indispensável e muito utilizado em equipamentos e máquinas industriais de diversos segmentos, em automóveis e acredite se quiser, ele também está inserido em equipamentos que utilizamos dentro da nossa própria casa no dia a dia.

O rolamento é um item fundamental para o funcionamento de qualquer atividade industrial, pois são responsáveis pela movimentação das máquinas e equipamentos, seguindo assim a sua linha de produção.

O rolamento auxilia a ação rotativa, reduzindo o esforço ou uma força a mais necessária. Basta pensar em movimentar uma cadeira em torno do seu escritório sem rodas ou sem rolamentos nas rodas. Os rolamentos ajudam a transportar cargas ou ajudar a mudar as cargas de algo que tende a girar para algo que é estacionário e tem uma capacidade de carregar as cargas.

Quando falamos sobre o rolamento, entramos em um mercado bem amplo e diversificado, pois existem diversos tipos e modelos de rolamento. Cada um foi produzido para uma aplicação específica e a utilização de um modelo errado, pode ocasionar danos aos equipamentos, por esse motivo é muito importante saber o modelo exato do seu rolamento antes de efetuar a sua compra.

Um dos modelos mais comum e utilizado no mercado é o rolamento de esferas, que possuem maior rotação e precisão, sendo assim menos torque e vibração.

Quais são os tipos de rolamentos existentes no mercado?

Com mencionado acima, é possível encontrar diversos modelos e tipos de rolamentos. Cada um foi projetado para uma aplicação específica. Vamos conhecer agora cada modelo e as características de cada um deles.

Tipos de rolamentos

Tipos de rolamentos.

Rolamento rígidos de esferas.

Normalmente o rolamento rígido de esferas é o modelo mais comum e mais utilizados nas aplicações do mercado atual, comparado aos outros modelos de rolamentos. São rolamentos versáteis e podem ser encontrado de diversos tamanhos. projetados para suportar cargas radiais e axiais em ambas as direções e são indicados para aplicações que exigem maior velocidade. Entre as características, a que da o maior destaque é a velocidade da rotação, sendo está maior do que em qualquer tipo de outro rolamento.

O rolamento de esfera é utilizado em aplicações de alta precisão em diversificados setores, entre eles, terraplanagem, têxtil, alimentícia, construção, máquinas-ferramentas e indústrias em geral. Ele foi projetado para atender às mais rigorosas exigências na aplicação. 

Rolamento de esferas de contato angular.

Os rolamentos de esferas de contato angular foram projetados para suportar cargas combinadas, ou seja, cargas axiais e radiais atuando simultaneamente. Assim como os rolamentos rígidos de esferas também são fabricados com uma ou duas carreiras. 

Referente a sua montagem é necessário que eles sejam montados de maneira opostas ao outro rolamento, para que assim consigam receber as cargas axiais em sentidos contrários.

O rolamento de esferas de contato angular possui esse nome devido ao seu “ângulo de contato” que é um ângulo entre a linha que une os pontos de contato da esfera e das pistas no plano do rolamento radial.

Não são rolamentos do tipo separável e são utilizados em diversos tipos de aplicações como equipamentos de usinagem, motores elétricos, bombas, máquinas agrícolas, entre outros

Abaixo alguns modelos dos rolamentos de contato angular existentes no mercado:

  • Rolamentos de esferas de contato angular de uma carreira
  • Rolamentos de esferas de contato angular de duas carreiras
  • Rolamentos de esferas de quatro pontos de contato
  • Entre outros

Rolamento de rolos cônicos.

O rolamento de rolos cônicos é um dos rolamentos que podem ser encontrado facilmente no mercado. Possuem pistas de anel interno e externas cônicas e rolos cônicos, foram projetados para suportar cargas combinadas, ou seja, podem aguentar cargas axiais e radiais atuando simultaneamente. Esse tipo de rolamento pode ter uma gaiola de alta resistência e uma ampla gama de materiais especiais para aplicações especiais.  Podem ser encontrados em algumas versões como os rolamentos de rolos cônicos de uma carreira, rolamentos de uma carreira de rolos cônicos pareados, rolamentos de duas carreiras de rolos cônicos, rolamento de quatro carreiras de rolos cônicos entre outros.

Algumas características desse rolamento são:

  • Permitem altas velocidades
  • Suportam cargas radial e axial em uma direção
  • Suportam carga axial em ambas as direções quando for montado em par
  • Consistência de perfis e tamanhos dos rolos
  • Vida útil longa
  • Aplicações de rolamentos rígidos
  • Separáveis e intercambiáveis
  • Período de amaciamento com picos de temperatura reduzidos

Rolamento de rolos cilíndricos.

Os rolamentos de rolos cilíndricos podem suportar altas cargas radiais devido ao seu corpo rolantes em rolamentos de rolos cilíndricos possuírem contato linear com as pistas. São adequados para aplicações que envolvem uma carga radial pesada de impacto. Esse tipo de rolamento também é indicado para aplicações em altas rotações. São compostos por um anel interno ou externo separável pode ser facilmente desmontado e montado.

Algumas características comuns para esse tipo de rolamento, eles possuem alta capacidade de carga, alta rigidez, suporte de deslocamento axial, baixo atrito, vida útil longa, maior confiabilidade operacional e eles são rolamentos separáveis de intercambiáveis.

Os rolamentos de rolos cilíndricos podem ser encontrados em várias versões, modelos, séries e tamanho, podem citar alguns exemplos como:

  • Rolamentos de uma carreira de rolos cilíndricos
  • Rolamentos de rolos cilíndricos de alta capacidade
  • Rolamentos de duas carreiras de rolos cilíndricos
  • Rolamentos de quatro carreiras de rolos cilíndricos
  • Rolamentos de rolos cilíndricos de uma carreira com número máximo de rolos 
  • Rolamentos de rolos cilíndricos de duas carreiras com número máximo de rolos
  • Rolamentos de rolos cilíndricos bipartido

Rolamento axiais.

Os rolamentos axiais fazem parte da extensa gama de rolamentos disponíveis no mercado. Esse tipo de rolamento tem como objetivo suportar cargas axiais com ângulos de contato entre 30º e 90º. Nos rolamentos axiais para evitar o deslizamento entre os corpos rolantes é preciso que aja primeiro uma pré-carga axial. Esse tipo de rolamento pode ser encontrado em diferentes versões como:

  • Rolamentos axiais de esferas
  • Rolamentos axiais de agulhas,
  • Rolamentos axiais de esferas de escora simples 
  • Rolamento axiais de esferas de escora dupla
  • Rolamento axial autocompensador de rolos
  • Rolamentos axiais de esferas de contato angular
  • Entre outros

Rolamento autocompensador.

Os rolamentos autocompensadores são identificados por sempre ajustar e impregnar-se as forças radiais e axiais, por isso é achado na máquina onde não tem nenhum tipo de exigência comparado a tolerância das guias axiais, alguns exemplos disso são os: conversores, laminadores, engrenagens, entrada de cilindros, ajustagem e máquina de fundição contínua.

Rolamento autocompensador é constituído em duas versões: o rolamento autocompensador de esfera e o rolamento autocompensador de rolo.

É especificamente apropriado para aplicações onde acaba existindo um desalinhamento que é proveniente de algum erro na montagem ou na flexão do eixo. É fabricado com uma série de configurações e materiais, podendo depender do tipo de aplicação e porte do rolamento. Eles são componentes de duas carreiras, autossustentáveis, constituídas por anéis externos maciços com uma pista oca, anéis internos como rolamento de rolos com gaiola.

Ele acaba possuindo duas carreiras de esferas e uma única pista esférica típica no anel externo. Tornando-se o rolamento autocompensador de esferas que é insensível ao desalinhamento angular do eixo em relatividade ao mancal.

Este tipo de rolamento produz menor atrito que qualquer outro tipo de rolamento de esferas, permitindo que eles trabalhem com uma temperatura menor, mesmo em determinadas circunstâncias em alta velocidade. É adequado em necessidade de que haja grande dificuldade do alinhamento do eixo em relatividade ao alojamento e em eixos de transmissão com a maior praticidade de fletir.

Rolamento de agulhas.

Os rolamentos tipo agulha é um tipo de rolamento que é composto por elementos de rolos que são mais finos do que os rolamentos tradicionais que estão disponíveis no mercado. A sua aplicação devido ao seu diâmetro ser consideravelmente menor ele é indicado para arranjos de rolamentos nos quais o espaço radial é limitado. Podem ser classificados tanto como radiais ou axiais, dependendo da direção que uma carga é suportada.

O rolamento tipo agulha apesar de seu tamanho pequeno fornece uma boa capacidade de carga. Esse tipo de rolamento pode ser encontrado no mercado em muitas configurações diferentes, para que assim possa atender satisfatoriamente uma vasta gama de aplicações e projetos incluindo selados ou abertos. Os rolamentos de agulhas podem ser encontrados também com algumas variações, como o rolamento de contato angular que combinam com rolos de agulhas e elementos de rolamentos de esferas. 

Extremamente versáteis, os rolamentos de agulhas têm a sua utilização em diversos setores desde fábricas de embalagens plásticas até em ferramentas de uso próprio, que podem ser facilmente encontradas dentro de casa. A vida útil desses rolamentos é relativamente boa, levando em consideração que a sua manutenção e todos os cuidados básicos que é preciso ter para que o rolamento funcione e possa ter q sua máxima eficiência esteja em dia. 

As aplicações mais comuns para rolamentos de agulhas são:

  • Máquinas impressoras
  • Máquinas têxteis
  • Laminadoras
  • Máquinas operatrizes
  • Britadeiras
  • Ferramentas manuais
  • Eletrodomésticos
  • Ferramentas domésticas em geral
  • Automóveis
  • Compressores. 

Agora que já conhecemos alguns tipos de rolamentos existentes no mercado, vamos entender como funciona o processo de montagem e desmontagem dos rolamentos?

Montagem e desmontagem de rolamento

Montagem e desmontagem de rolamentos.

Montagem de rolamentos.

O processo de montagem e desmontagem de rolamento é extremamente importante, pois se montado corretamente podem proporcionar vida útil longa.

A montagem de rolamento é algo muito específico e demanda certa experiência para quem for fazer esse trabalho, é preciso ter precisão, conhecimentos técnicos, experiência, um ambiente de trabalho extremamente limpo, métodos de trabalhos adequados e ferramentas apropriadas para a montagem dos rolamentos.

Montar um rolamento é bem mais difícil do que parece ser, principalmente quando falamos da montagem de rolamentos grandes.

Antes de começar o processo de montagem do rolamento, certifique-se de que todos os materiais necessários, peças, equipamentos estejam disponíveis e prontos para utilização. Certifiquem-se também as instruções e a ordem dos desenhos, a orientação corretas para a montagem dos componentes. Mantenha sempre os rolamentos dentro da embalagem original do produto até o momento em que for utilizá-lo, pois manter um rolamento fora de sua embalagem fica exposto a contaminantes. Caso haja contaminação devido ao manuseio indevido é preciso que os rolamentos sejam lavados, secos e devidamente inspecionados antes da montagem. 

Os rolamentos devem ser montados em ambiente extremamente limpo, em área seca, livre de poeira, e de qualquer máquina ou equipamento que possa gerar poeira ou qualquer tipo de sujeira. Em casos que os rolamentos precisem ser montados em área desprotegida devem ser tomada as devidas providencias citadas acima e optar por ações como cobrir ou enrolar os rolamentos e os componentes da máquina com plástico ou folha para evitar a contaminação.

Os mancais, eixos, vedações e outros componentes do sistema de mancal, todos devem ser verificados para que não haja nenhum tipo de sujeiras, assegurar que estejam devidamente limpos, assim como os rolamentos. Outro item que devemos estar atento de que todas as superfícies sem pintura das caixas de mancal fundidas estejam livres de areia de fundição e que todas as rebarbas tenham sido removidas.

Depois de conferir se todos esses itens estão limpos e secos, chegou a hora de verificar as tolerâncias dimensionais e geométricas de cada peça. Lembrando-se que os rolamentos só funcionam satisfatoriamente se os componentes estiverem de acordo com as tolerâncias prescritas. Para verificar os diâmetros dos assentos cilíndricos dos mancais e dos eixos eles costumam utilizar um micrômetro ou calibrador em duas seções transversais e em quatro direções. Referente os assentos de eixo cônicos podem ser verificados utilizando um calibrador de anel, um calibrador cônico ou uma régua do seno. 

Falando agora sobre a remoção do conservante, geralmente o rolamento quando é novo, o conservante não precisa ser removido, basta somente limpar a superfície externa e do furo, no entanto se for preciso utilizar um lubrificante incompatível com o conservante, o rolamento deverá ser lavado e seco cuidadosamente. Referente aos rolamentos tampados com placas de proteção ou vedações eles são preenchidos com graxa e não devem ser lavados antes da sua montagem. 

É recomendada a utilização de equipamentos, roupas de proteção como luvas, sapatos de seguranças, óculos de proteção, como também ferramentas para transportes e içamento que tenham sido especialmente produzidas para o manuseio de rolamentos. A utilização de ferramentas adequadas para o manuseio dos rolamentos garante e aumenta a segurança, economiza tempo e esforço. 

Desmontagem de Rolamentos.

Há diversos motivos para desmontar um rolamento, seja para substitui-los ou até mesmo removê-los para poder acessar outros tipos de componentes. Se você for utilizar o rolamento novamente após a desmontagem, a força nunca deve ser aplicada através dos elementos rolantes.

Falando sobre os rolamentos separáveis, o anel com o conjunto de elementos rolantes e a gaiola pode ser removido independente do outro anel. Agora quando se tratar de um rolamento não separáveis, o anel com o ajuste mais frouxo deverá ser retirado primeiramente de seu assento. 

Os processos preparatórios da desmontagem do rolamento são muito parecidos com os da montagem. 

É preciso revisar todas as instruções de sequência de desmontagem, garantir e conferir que todas as ferramentas estejam por perto, conferir se o local está limpo para que possa ser feito a desmontagem e utilizar-se de roupas e equipamentos adequados para a realização do procedimento de desmontagem.

Quando falamos em desmontagem de rolamentos, pensamos logo na sua manutenção e um dos itens essenciais e extremamente importante na hora da manutenção do rolamento, é sua lubrificação, por esse motivo agora iremos falar um pouco mais sobre a importância do processo de lubrificação de rolamentos.

Lubrificação de Rolamento

A importância da lubrificação dos rolamentos.

Assim como comprar um rolamento de qualidade de primeira linha, utilizar ele na aplicação correta, um dos itens importantíssimos que não podemos deixar de citar é a sua lubrificação

A lubrificação é sem dúvidas uma das atividades mais importantes quando o assunto é a manutenção do rolamento, se essa lubrificação for feita de forma correta ela permitirá que os rolamentos trabalhem de forma confiável e com uma vida útil maior.

A lubrificação previne o desgaste e protege as superfícies contra a corrosão e evitar o contato metálico que ocorre entre os corpos rolantes, pistas e gaiola.

Mas quais os tipos de lubrificações encontradas no mercado?

Abaixo iremos falar dos dois tipos mais utilizados, que são as graxas e o óleo.

Lubrificação com graxa.

Na maioria das aplicações, sob condições normais de uso, pode-se utilizar a graxa para lubrificação do rolamento. A graxa possui algumas vantagens quando a comparamos ao óleo, pois ela é retida com mais facilidade, principalmente em eixos verticais ou inclinados. Contudo é de suma importância o cuidado com a quantidade da graxa a ser utilizada. O excesso de graxa pode causar um rápido aumento da temperatura do rolamento, principalmente se forem aplicações de alta velocidade de rotação.

Lubrificação com óleo.

A lubrificação com o óleo não é tão utilizada quanto a de graxa, pois atende uma gama específica de rolamentos que são os de alta velocidade e os que sofrem com temperaturas elevadas pois eles não permitem o uso da graxa.

Atualmente o método mais simples de lubrificação com óleo é o chamado banho de óleo. Exemplificando o rolamento capta o óleo através dos componentes rotativos e o distribui dentro dele mesmo. O nível de óleo deve ficar sempre um pouco abaixo do centro do corpo rolante que ocupar a posição mais baixa quando o rolamento ficar parado.

Agora que você conhece alguns dos tipos de lubrificação e todas suas funcionalidades, se atente mais aos cuidados e manutenções necessários para com as suas máquinas, evite gastos e dores de cabeças desnecessários. 

Continuando a falar sobre os rolamentos industriais, um acessório que também trabalha em conjunto com eles são os mancais. Provavelmente se você é como nós, que vive diariamente nesse mundo tão amplo dos rolamentos, com certeza já ouviu falar sobre eles, então agora iremos reservar um espaço para falar um pouco mais sobre eles e citar os tipos de mancais existentes no mercado.

Mancal e mancais

O que é Mancal para rolamento?

Mancal é um suporte que serve de apoio para eixos e rolamentos, geralmente são compostos por ferro fundido e bipartida. Eles são sujeitos a receberem forças de atrito devido a rotação do eixo, ocasionado pelo contato da superfície do mancal com o eixo.

O mancal pode ser classificado em duas categorias, sendo elas: Os mancais de deslizamento e os mancais de rolamento.

Eles podem ser classificados em dois modelos, sendo eles:

  • Os mancais de deslizamento
  • Os mancais de rolamento (Rolamento com mancal)

Mancais de deslizamento.

Os mancais de deslizamento também conhecido como buchas ou casquilhos, geralmente possuem uma forma cilíndrica e não são compostos por partes móveis. Como o próprio nome já diz, são muito utilizados para movimentos deslizantes, rotativos, oscilatórios ou alternativos. São fabricados em diferentes configurações, por isso é muito importante saber exatamente a seleção do produto a ser utilizado, pois as condições de operação da aplicação e dos requisitos de desempenho são de extrema importância na escolha do seu mancal de deslizamento, para tudo funcione devidamente e não ajam problemas futuros.

Mancais de rolamento.

O mancal de rolamento foi projetado para projetos que necessitam de uma velocidade maior e um menor atrito. São compostos por uma série de elementos que podem ser aplicados em diversos tipos de maquinários. Ele tem como função servir de fixação de apoio para outras peças que venham a ser fixadas nele. Esse tipo de mancal pode ser aplicado de duas formas, de maneira fixa ou de maneira móvel. Eles comportam em sua unidade esferas ou rolos no quais o eixo de apoia, sendo assim, quando o eixo se movimenta e gira, os rolos e as esferas também girão confinados dentro do mancal. 

O rolamento com mancal possuem diferentes configurações, para a escolha do mancal a ser utilizado dependerá muito do tipo de rolamento a ser utilizado, atualmente no mercado é possível encontrar uma enorme variedade de rolamentos que suportam cargas axiais ou radiais, ou até mesmo ambas as cargas e que funcionam por meio de esferas, rolos entre outros.

Agora que já sabemos o que é rolamento, para que servem, seus tipos, modelos, entendemos como é feito seu processo de montagem e desmontagem, lubrificação e conhecemos também os tipos de mancais, não podemos deixar de falar sobre a importância de se comprar de um distribuidor autorizado.

Compre com um distribuidor autorizado.

É de extrema importância levar em consideração alguns itens antes de efetuar a compra de um produto seja ele feito pela internet ou em lojas físicas. No mercado do rolamento essa situação não é diferente, a comercialização de produtos falsificados tem crescido muito em todo o mundo e devido á isso, para que você não caia em uma cilada é preciso ficar atentos a algumas dicas como, por exemplo:

  • Evite “ofertas tentadoras” de certas empresas e vendedores
  • Caso desconfie que o produto tenha origem duvidosa solicite a averiguação do rolamento pela fabricante ou por um técnico autorizado
  • Compre rolamentos de distribuidores autorizados

Nós da Rolport Rolamentos somos distribuidor autorizado das marcas TIMKEN, NTN, SNR, BOWER, Rolmax, BGL, BRG, Burger, FRM e RBC, somos uma empresa especializada em rolamentos industriais pra diversos segmentos como mineração, siderurgia, pedreiras, cimenteiras, agricultura, motores elétricos, ferroviário, papel e celulose, construtora, energia, terraplanagem entre outros.  Trabalhamos com as marcas mais conhecidas e de confiança existentes no mercado.

Quando estiver procurando um distribuidor autorizado de rolamentos e acessórios para diversos segmentos, consulte a Rolport Rolamentos.

Converse com nossos consultores e consulte nossos preços.