Lubrificação Industrial

Cuidados com a Lubirficação Industrial

Cuidados na Hora de Efetuar a Lubrificação Industrial.

Sabemos que para termos um bom desempenho é necessário um grande cuidado para com o nosso maquinário.  É graças à lubrificação, por meio da redução de atrito entre peças e móveis, que o funcionamento de diversos dispositivos e maquinas é estendido por longos períodos de tempo. A lubrificação também é responsável por acabar com parte do calor produzido e remover produtos desgastantes, ou seja, a falta da atenção devida com a lubrificação pode reduzir e muito a vida útil de vários equipamentos gerando assim diversos prejuízos desnecessários.

Contudo, é preciso ter cautela. Diferentes máquinas precisam de tipos de lubrificação distintas, e é de extrema importância utilizar o tipo certo, seja ele óleo, desengripante, graxa, vaselina entre outros... Qualquer que seja o recomendado para a sua máquina, o essencial é que, em hipótese alguma você abra mão da lubrificação, para assim sempre garantir o melhor desempenho possível do seu equipamento.

Outra precaução pela qual se deve ficar atento é o controle da contaminação dos lubrificantes. Sugere-se que o armazenamento seja feito em locais ventilados e cobertos, limpos, evitando também o contato da poeira, água e fontes de calor. Tendo todas as medidas sido aplicadas de forma correta, a aplicação poderá ser realizada.

É claro que além dos distintos tipos de lubrificação industrial, existem também diversas de suas aplicações. Estas podem variar entre sistemas de aplicações automática em um ponto ou centralizada, aplicação manual com o uso de pincéis ou até mesmo fazendo o uso de pistolas. Cada uma tem a sua vantagem, e cabe ao aplicador optar pela melhor em cada caso.

Mancais: Primeiramente, é preciso que os pinos graxeiros estejam limpos, para evitar a entrada de partículas abrasivas que possam vir a ser prejudicadas. Então, a quantidade ideal a ser aplicada é entre um e dois terços dos espaços vazios do rolamento, de modo que não haja excesso e a temperatura de operação do mancal não ultrapasse o limite. As lubrificações dos mancais devem ser feitas quinzenalmente ou, no caso de motores elétricos, mensalmente.

Mancais de deslizamento: Na situação dos mancais de deslizamento com pinos, estes devem ser igualmente bem limpos a fim de preservar as peças de partículas abrasivas. Neste caso, porem, os pinos devem ser lubrificados diariamente. Para mancais com copos graxeiros, abastecer até sentir maior resistência ao girar opressor. Novamente, não lubrificar de mais, tudo de forma ponderada.

Rolamentos: Existe no mercado uma ampla gama com diversos tipos de lubrificantes. Temos óleos e graxas, bem como lubrificantes sólidos para uso em condições de temperaturas elevadas.  A escolha da lubrificação dos rolamentos depende diretamente das condições de operação, portanto, velocidade de rotação e tipo de ambiente. A quantidade de lubrificante também é um fator importante, pois, tal pode variar dependendo da função que a lubrificação deve exercer. Por exemplo, se a lubrificação possui funções adicionais como vedação ou remoção de calor, é necessária uma quantidade maior. 

Precisando de rolamentos industriais, mancais ou buchas entre em contato conosco e realize sua cotação hoje mesmo, nós da Rolport Rolamentos teremos o prazer de atendê-lo.


Fique por dentro do mundo dos Rolamentos