Não é Culpa do Rolamento

Não culpe os rolamentos

Não Culpe os Rolamentos.

Os rolamentos fabricados pelas grandes marcas ao redor do mundo só apresentam defeitos de fabricações em situações muito raras, e é sobre isso que vamos falar hoje, mas primeiro vamos entender o que é o rolamento e a sua funcionalidade. 

Os rolamentos são componentes que tem por função suportar e carregar cargas, ou seja, ele serve para apoiar ou facilitar a ação rotativa de algum objeto, reduzindo assim o esforço e a força de locomoção para o mesmo. Os rolamentos industriais são aplicados e utilizados em ambientes considerados agressivos, como mineradoras, indústrias alimentícias entre demais outros. E por conta das necessidades e cuidados específicos que esses lugares exigem, os rolamentos são fabricados de uma forma especial para serem capazes de suportar uma extrema carga de elevação, ambientes que possuem umidade e agentes corrosivos. De uma forma geral, podemos definir a função do rolamento como de simplesmente apoiar os movimentos.

Na fabricação dos rolamentos é utilizada uma estratégia de qualidade chamada “Zero defeito” assim as falhas de seus produtos são medidas em PPM (partes por milhão), o chamado “zero defeito” é um programa de qualidade voltado a eliminar defeitos na produção industrial. ”Zero defeito” não significa que erros não vão acontecer, mas sim, que tais serão minimizados ao ponto de serem quase extintos, ou melhor, dizendo quase “zero”. Basicamente o objetivo desse programa é acertar de primeira para não perder tempo repetindo processos de forma desnecessária e assim ganhar tempo e praticidade, mas, sem perder a sua qualidade.

 No principio de toda a indústria de rolamentos, era possível encontrar peças que se quebravam devido a falhas do próprio material, falhas em seu design ou podendo ser até mesmo em seu processo de fabricação.  Hoje, com o atual crescimento da indústria e seus exigentes programas de qualidade e inspeção do processo produtivo (como o citado acima), podemos considerar como praticamente zero o número de casos em que os rolamentos saem da fabrica possuindo defeitos.  Você deve estar se perguntando, “Se o defeito não vem dos rolamentos, então vem de onde?”. Continue acompanhando nosso blog e entenda.

Atualmente existem estudos que comprovam que grande parte das falhas prematuras do rolamento são frutos de causas externas, tais como:

  • Corrosão Elétrica 
  • Uso de lubrificante inapropriado
  • Falso Brinel
  • Escolha errada do rolamento (modelo e/ou outra variante)
  • Problemas de ajuste no assento do rolamento no eixo e/ou no alojamento
  • Contaminação
  • Sobre cargas
  • Seleção incorreta da disposição dos rolamentos
  • Desalinhamento 

Dessa forma podemos concluir que, a quebra ou falha do rolamento nos equipamentos não é um problema gerado por tal, e sim uma consequência da má utilização ou do mau uso das ferramentas que o acompanham. 

Agora que sabemos das seguintes informações temos a chance de agir de maneira proativa e positiva e assim buscar um cuidado maior com nossas maquinas e equipamentos, para que dessa forma prejuízos e gastos desnecessários sejam evitados.

 Nós da Rolport Rolamentos trabalhamos com as melhores marcas de rolamentos do mercado como: NTN, Timken, SNR, Bower, RBC, Rolmax, Bürger, entre outros.  Entre em contato conosco hoje mesmo e realize sua cotação. Teremos o prazer de atendê-lo da melhor forma possível.