Impactos do Corona Vírus nas Indústrias

Formas de Armazenamento


Indústria e o Covid-19

A atual pandemia gerada pelo vírus COVID-19 nos remete a uma série de medos e pensamentos receosos, o  que é normal pois nosso estilo de vida foi parcialmente ou totalmente alterado, onde muitas pessoas estão confinadas em suas casas, outras estão saindo para os seus trabalhos, todavia, com medo pois a qualquer momento podem acabar se contaminando com o vírus. Devido a pandemia muitos comerciantes tiveram que fechar suas portas, buscando assim uma forma para amenizar a propagação do vírus, mas para algumas industrias o serviço não pode parar, em razão de serem elas a fornecer os materiais essenciais para o nosso dia a dia, não digo só na questão alimentícia mas em todos os outros meios de produção, pois uma sempre está relativamente ligada a outra.
Devido ao funcionamento das indústrias nesse período de pandêmico muitos de seus funcionários ficam propensos a se infectarem com a nova doença. Pensando nisso hoje vamos falar dos cuidados que podem ser tomados para prevenir o COVID-19 dentro das nossas indústrias. Abaixo listaremos 4 hábitos que podem auxiliar no combate contra o vírus:

Práticas Sanitárias

A limpeza de locais frequentemente tocados como maçanetas, mesas e botões são fundamentais, uma vez que, se alguém já infectado tocou aquele local, a possibilidade de propagação é alta. As empresas devem manter sempre os seus funcionários atentos a hábitos de higiene como a lavagem das mãos e a descontaminação das mesmas utilizando o álcool em gel, vale ressaltar que as pessoas devem evitar ao máximo levar as mãos ao rosto pois a bactéria pode introduzir-se através de orifícios como boca, nariz e olhos.

EPI’s

O uso dos chamados EPI’s (Equipamento de proteção individual) são fundamentais para a segurança dos colaboradores além disso auxiliam na prevenção da contaminação, todavia, tão importante quanto o uso desses materiais é a realização da devida higienização dos mesmos. Capacetes, óculos, máscaras e ferramentas de uso frequente devem ser higienizados com constância, pois o vírus pode estar localizado em cada um desses objetos.

Acesso a Fábrica 

Restringir o acesso a fábrica é fundamental pois o próprio objetivo da quarentena é evitar a aglomeração de pessoas. Para os funcionários que não tem condições de trabalhar home office o ideal é reduzir o acesso de locomoção frequente, evitando ao máximo a migração entre setores. Outra medida a ser adotada é a restrição de entrada de pessoal externo, autorizando somente entradas realmente necessárias, e claro após essa recepção as devidas práticas sanitárias devem ser tomadas tanto em relação produto como de quem teve contato com o material recém chegado.

Triagem 

As empresas devem indicar a seus funcionários que realizem uma autoavaliação e caso algum dos colaboradores apresentem sintomas como febre, tosse, falta de ar ou cansaço as organizações tem por obrigação moral orientá-los a ficar em casa de quarentena, evitando assim a disseminação da doença, as instituições também devem usar nas suas entradas ferramentas para medição de temperatura para evitar que um colaborador possivelmente contaminado leve a doença para dentro da organização.
É muito importante que as organizações estejam atentas e orientem seus funcionários sobre os ricos e os cuidados a serem tomados, também fornecendo materiais que ajudem a reprimir o vírus como a disponibilização de álcool em gel em pontos estratégicos, principalmente em locais com alto fluxo de movimento e oferendo máscaras de proteção para assim garantir da melhor forma a segurança de seus colaboradores.